Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LER

Livros. Notícias. Rumores. Apontamentos.

André Letria: «O Pato Lógico é um animal editorial que faz livros com pernas para andar e asas para voar.»

O ilustrador (e editor) André Letria esteve no sofá da LER e apresentou o Pato Lógico: a viagem já começou há quase um ano e está a  entrar em velocidade de cruzeiro.

 

 

Quantas vidas vive um ilustrador?

Todas as que as suas ideias permitem. Ou todas as vidas das histórias que ele tem de ilustrar. Vive-se aquilo que se lê.

Como se fosse uma personagem?

Como se fosse um encenador ou um realizador. Entra-se na história, decide-se o tempo que ela leva a deslizar pelos olhos. Escolhe-se a cor, o peso, o som.

As histórias têm som?

Claro. O som da folhagem ao vento, ou o som  de uma montanha que se desmorona.

Por falar em folhas ao vento, um ilustrador pode viver a vida de um editor?

Pode, se não tiver medo de montanhas ruinosas.

Quais montanhas?

Aquelas que esmagam os editores independentes, muitas vezes oprimidos por um circuito de distribuição viciado. As montanhas de novidades editoriais irrelevantes, que se amontoam em livrarias sem espaço e deixam soterradas ideias com falta de ar.

E como faz um ilustrador/editor para vir à tona?

Pode falar de “Mar”, por exemplo.

De que forma?

Navegando de “A” a “Z” em barcos de papel ou carracas descobridoras. 

Entre nós e palavras há ideias fundentes?

Talvez as que fundem texto e imagem num só objecto, a que às vezes se pode chamar livro. Ou livre. Sem necessidade de definição.

E isso é lógico?

Lógico como um pato. O Pato Lógico, que é um animal editorial que faz livros com pernas para andar e asas para voar. 

Então um ilustrador/editor não tem tendência para enriquecer?

Talvez um dia... Quando se perceber que é nas escolas que tem de se investir. Que  a educação é que move montanhas.

És um visionário?

Não. Estou só a pensar no «Futuro».

No «Futuro»?

Sim. É o Actividário que vem a seguir ao «Mar».

Actividário?

É assim que se chamam os livros desta colecção. São actividários porque sugerem actividades em forma de abecedário. Um abecedário de ideias largas discutidas com o Ricardo Henriques.

E o Pato Lógico, tem futuro?

Está a tentar agarrá-lo. Às vezes parece que foge. Outras vezes fica à espera, a oferecer boleia.

Estás a falar da edição digital?

Sim. O Pato Lógico contribuiu para inventar uma nave. Inventou-a com outra empresa chamada Biodroid. A viagem já começou há quase um ano e está a  entrar em velocidade de cruzeiro.

Achas que me dá boleia?

Dá boleia e prémio. Mas só se tua história for boa.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.