Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LER

Livros. Notícias. Rumores. Apontamentos.

António Barreto e o regresso à fotografia

«Fiz fotografia quase toda a minha vida. Quando viajo ou passeio. E também quando, simplesmente, saio de casa com esse propósito. Uma vezes vou com a imagem na cabeça, antes de a encontrar. Outras, vou ao acaso. Houve períodos na minha vida em que a fotografia ficou entre parênteses, quando outras coisas, a política sobretudo, chamavam a atenção e mobilizavam as minhas energias. Mas voltei sempre.» Cerca de quarenta provas a preto e branco das fotografias assinadas por António Barreto (algumas publicadas no seu blogue), que estão na origem do livro editado pela Relógio d'Água, vão estar em exposição a partir de sexta-feira, e até 30 de Dezembro, na Galeria Corrente d'Arte, em Lisboa. Inauguração e o lançamento do livro um dia antes: quinta-feira, às 19h.

Mais um pretexto para visitar Serralves

A partir de dia 12 de Setembro, a exposição «Um Formato, Um Conceito, Várias Ideias», comissariada por Guy Schraenen, pretende «dar a conhecer o processo editorial típico dos anos 1960/1970», quando «inúmeras editoras criaram diferentes séries de publicações com formato, conceito e aspecto muito diferentes» e «davam rédea livre à criatividade do artista quanto à concepção do interior da publicação.» Alguns exemplos: «Great Bear Pamphlet, de Dick Higgins, Futura, de Hansjörg Mayer, Double Page, na Suíça, ou Lap Press, publicada nos Estados Unidos.»