Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

LER

Livros. Notícias. Rumores. Apontamentos.

Os dez casamentos mais infelizes da literatura (mas a lista é infindável)

Tess não merecia isto.

 

No The Daily Telegraph, a lista dos dez casamentos mais infelizes da história da literatura: entre eles, Emma e Charles Bovary em Madame Bovary, de Gustave Flaubert (1856), Dorothea e Casaubon em Middlemarch, de George Eliot (1874), Tess e Angel de Tess of the d’Urbevilles, de Thomas Hardy (1891), os inevitáveis Nicole e Dick Diver em Terna é a Noite, de Scott Fitzgerald (1934), ou Humbert Humbert e Charlotte, em Lolita, de Vladimir Nabokov (1955), por exemplo.