Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LER

Livros. Notícias. Rumores. Apontamentos.

As listas da LER: 10 livros sobre espionagem e espiões

John Le Carré, Norman Mailer

 

A lista é infindável e sempre cheia de faltas clamorosas. Por exemplo: todos os romances de John Le Carré deviam aparecer para provar que o fim da Guerra Fria e a queda do Muro de Berlim não destruíram um dos pilares da civilização contemporânea: os espiões e a literatura sobre espionagem. Não está publicado em Portugal um dos grandes romances do género, The Manchurian Candidate, de Richard Condon (mas ainda se pode comprar Os 39 Degraus, de John Buchan, Europa-América). Já Graham Greene é uma revisitação saudosa ao tempo em que os espiões tinham consciência e culpa (é ela que conduz Harlot, de Norman Mailer, a refugiar-se na URSS para ditar as suas memórias, o maior romance jamais escrito sobre a CIA). Quanto a Conrad, é uma espécie de fundador europeu.

 

  • Joseph Conrad, O Agente Secreto [11/17]
  • John Le Carré, A Toupeira [D. Quixote]
  • John Le Carré, A Gente de Smiley [D. Quixote]
  • Graham Greene, O Americano Tranquilo [Ulisseia]
  • Frederick Forsyth, O Chacal [Livros do Brasil]
  • Norman Mailer, O Fantasma de Harlot [Asa]
  • Graham Greene, O Nosso Homem em Havana [Ulisseia]
  • Lawrence Durrell, Águias Brancas Sobre a Sérvia [D. Quixote]
  • Ian Fleming, Casino Royale [Portugália]
  • Robert Ludlum, O Ultimato de Bourne [Europa-América]