Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LER

Livros. Notícias. Rumores. Apontamentos.

Prémio de Literatura Casa da América Latina/Banif para Hector Abad Faciolince

Pelo livro Somos o Esquecimento que Seremos (Quetzal). «Uma obra portadora de uma escrita pessoal que implica, ao mesmo tempo, uma dimensão humana inalienável» - considerou o júri constituído por Maria Fernanda de Abreu (da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa), Fernando Pinto do Amaral (da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa), José Manuel de Vasconcelos (em representação da Associação Portuguesa de Escritores) e Mário Quartin Graça (em representação da Casa da América Latina) - que «reconstitui a atmosfera de uma família colombiana da segunda metade do século XX, contada a partir do ponto de vista do menino, do adolescente e do jovem que o escritor adulto recupera, guiado pela ausência dolorosa do pai assassinado – personagem tutelar de toda a obra.»

Pág. 3/3