Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LER

Livros. Notícias. Rumores. Apontamentos.

George Steiner em Viseu

O professor da Universidade de Cambridge é o convidado de honra da 5ª Conferência Internacional de Filosofia e Epistemologia, onde se debate «a temática da condição humana a partir das obras do neurocientista António Damásio, do filósofo Espinosa, do pensador multifacetado George Steiner e de um dos mais importantes escritores portugueses do século XX, Miguel Torga.» De 23 a 25 de Novembro, no Instituto Piaget, em Viseu.

Viagens do Professor Levi

 

But along the margins of the highway, it was still possible to find members of the indigenous Nambikwara people, often sitting sullen, drunk or bewildered. Of the four tribal groups that Mr. Lévi-Strauss spent time with — the Bororo, Caduveo and Kawahib were the others — he seemed particularly moved by the plight of the Nambikwara, whose family and social life became the subject of his doctoral thesis after he returned to Europe in 1939.

In writing of the Nambikwara, Mr. Lévi-Strauss foresaw the drama and tragedy of a people whose culture and way of life even then were clearly doomed. So he was meticulous in documenting as many aspects of their lives as he could, from relations between the sexes and construction of shelter to diet, pets and pearl gathering. Brazilian anthropologists say that even today Nambikwara oral history recalls the visit of «Professor Levi».

Mr. Lévi-Strauss may have been even more perceptive in his observations of the caboclos, the assimilated Portuguese-speaking mestiços who were the region’s dominant group. His descriptions of their behavior and manner of dress were astonishingly accurate, and in my own travels I would often hear some impossibly colorful locution that I had first encountered in «Tristes Tropiques» and attributed to what I thought must be his imperfect command of Portuguese.


Excerto de um artigo assinado por Larry Rohter no New York Times.

LER hoje nas bancas!

 

 

Richard Zimler

«Só os maus livros têm nacionalidade»
No seu novo romance, Os Anagramas de Varsóvia, o escritor que nasceu em Nova Iorque mas vive em Portugal há mais de duas décadas, volta ao tema do Holocausto, tendo como pano de fundo a sua própria identidade.

Jorge de Sena

Voltar à terra
Com parte substancial do seu espólio já entregue à Biblioteca Nacional – e depois de em Setembro os seus restos mortais terem sido trasladados para o Cemitério do Prazeres, em Lisboa –, outra luz pode incidir sobre a obra do autor de Sinais de Fogo. Polémicas, entrevista com Mécia de Sena, testemunho de José Augusto França – e muito mais.

Vinicius de Moraes

Escrita inédita
«Estou longe da poesia, seco, estudando Anglo-Saxão e metido em grandes roupagens», escreveu Vinicius de Moraes na carta a Rodrigo Melo Franco de Andrade, a 9 de Outubro de 1938. Trinta anos depois, já consagrado mundialmente pela Bossa Nova, embarcou rumo a Lisboa, onde fez shows com Baden Powell. Inéditos agora revelados em Portugal.

João Ubaldo Ribeiro

Tertuliano c'est moi
«Com a idade a chegar, morrem amigos, aparecem achaques, e limitações dantes nunca vividas. E tende-se a pensar na morte, e é bem possível que isso tenha acontecido com este livro. Assim como o Flaubert era Ema Bovary, talvez eu seja o velho Tertuliano.» Entrevista a pretexto de O Albatroz Azul.

Paris Review

Dez clássicos
As entrevistas a Saul Bellow, Lawrence Durrell, Ernest Hemingway, Graham Greene, Jorge Luis Borges, Boris Pasternak, Truman Capote, William Faulkner e E. M. Forster fazem parte de um volume editado agora pela Tinta-da-China. Aviso: o texto de Rogério Casanova não é aconselhável a fãs de Jack Kerouac.

 

E ainda:

Sofá da LER. Paulo Moreiras acaba de publicar Os Dias de Saturno mas pensa já no próximo projecto: «Seria interessante perceber a história do leitão em Portugal».

A Voz do Brasil. Uma nova coluna com notícias de livros e autores brasileiros. Eduardo Coelho começa bem: quem são os mais significativos poetas na nova geração?

Casa da Achada. Passámos um dia na casa onde está disponível, desde Setembro, o espólio literário e artístico, o arquivo pessoal e a biblioteca privada de Mário Dionísio. E prometemos voltar.

John dos Passos. Depois de décadas de esquecimento, a trilogia USA regressa às livrarias portuguesas com nova edição da Presença.

Gulag. A partir das memórias de vários autores, Rui Bebiano escreve um ensaio sobre a luta pela dignidade humana nos campos do Gulag.

Provedor. Nuno Costa Santos está em condições de avançar uma notícia de última hora: a biblioteca de Pacheco Pereira, na Marmeleira, está sob escuta.

 

Também pode comprar o seu exemplar aqui ou fazer uma assinatura anual.

Pág. 7/7