Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LER

Livros. Notícias. Rumores. Apontamentos.

Confraria chega a Lisboa

Depois de quatro anos em exclusivo na web, a revista Confraria converte-se ao papel, com edição no Rio de Janeiro e em Lisboa. O número inaugural, apresentado no Brasil a 14 de Setembro, já está disponível em Portugal, mas por agora ainda só na capital (nas livrarias Poesia Incompleta, Trama, Letra Livre e Pós dos Livros). «Para além de dossiês sobre vanguardas internacionais, perfis de autores menos conhecidos e entrevistas, a revista oferece também textos críticos, filosóficos, contos e poesia, sendo cada edição ilustrada por um artista plástico convidado», lê-se no e-mail. «Neste primeiro número pode encontrar material inédito de Arnaldo Antunes, Gonzalo Rojas, Maria do Rosário Pedreira, Octávio Paz, Raimundo Carrero e E.M. de Melo e Castro.» A edição em Lisboa é coordenada por João Miguel Henriques (joao@confrariadovento.com).

Os heterónimos de Eduardo Lourenço

«Não há ninguém para apresentar Tristão Bernardo como eu mesmo. Serve-se melhor quem o faz por suas mãos. Como Napoleão (não exageres rapaz) coroar-me-ei por minhas mãos, mas será uma coroação como a de Quincas Borba: com uma coroa de Nada.»

11 de Setembro de 1953 in Diário

 

Conheça Tristão Bernardo, Tristão Georges, Tristão Nadal e outros inéditos da arca do autor de O Labirinto da SaudadeLER nas bancas a partir de amanhã!

Pág. 10/10