Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LER

Livros. Notícias. Rumores. Apontamentos.

29 cadernos

A Biblioteca Nacional coloca hoje online a colecção de 29 cadernos de Fernando Pessoa, entre manuscritos de poemas em português e inglês, apontamentos diversos, listagens de livros, notas de leituras e horóscopos. Segundo o Público, um dos cadernos é «especialmente relevante para o conhecimento dos anos de formação de Pessoa, na África do Sul, e que ajuda a esclarecer a génese do heterónimo Alexander Search».
 

Marca Pessoa em debate

A nova sessão de Livros em Desassossego realiza-se amanhã, a partir das 21h30, na Casa Fernando Pessoa. Tema: como valorizar (ainda mais) a marca Pessoa, agora que se anuncia o leilão de parte do espólio em poder da família do poeta. Para o debate, o ministro da Cultura José António Pinto Ribeiro, a sobrinha do poeta Manuela Nogueira, o professor universitário António M. Feijó, o investigador Jerónimo Pizarro e o editor Manuel Rosa, que escolherá três livros publicados recentemente que gostaria de ter no catálogo da Assírio & Alvim. Carlos Vaz Marques modera a sessão. A entrada é livre.

Albert Cossery [1913-2008]

Uma justa homenagem não tem data. O escritor egípcio Albert Cossery morreu dia 22 de Junho, aos 94 anos, em Paris, onde vivia desde 1945. Os oito livros publicados têm edições em português na Antígona: Mendigos e Altivos (1992), Mandriões no Vale Fértil (1999), A Violência e o Escárnio (1999), As Cores da Infâmia (2000) A Casa da Morte Certa (2001), Uma Conjura de Saltimbancos (2001), Os Homens Esquecidos de Deus (2002) e Uma Ambição no Deserto (2002). Chamavam-lhe o «Voltaire do Nilo».

50 livreiros independentes

Notícia Blogtailors: «A LI - Livrarias Independentes aprovou por unanimidade a sua criação e, após a discussão de vários pontos relativos à sua actividade e relação com outros elos e agentes do mercado, decidiram criar grupos de trabalho para estudar/preparar uma série de iniciativas. Foi igualmente eleita uma direcção provisória.»
 

... e em LA.

Também o Los Angeles Times destaca o livro de José Eduardo Agualusa:

 

«This novel is narrated by a gecko, that's to say by a lizard, who also happens to be the reincarnated spirit of Argentine writer Jorge Luis Borges. Well: Some writers like to play for high stakes. From this conceit Agualusa weaves a gorgeous and intricate story about a man who trades in memories, selling people pasts to help reinvent their futures. Set in Angola, the tale darts to and fro with the swiftness of a step over by soccer player Cristiano Ronaldo. There's a murder mystery here, and not only a meditation on the nature of memory. Agualusa's deftness and lightness of touch means we buy into the strange setup with scarcely a blink. He's a young master.»